Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
CONFIRMADA A PREVISÃO DE NEVE NO SUL DO BRASIL
05/07/2019 11:56 em ESTADUAL

Uma intensa massa de ar polar atua especialmente sobre a Região Sul gerando condições de neve, chuva congelada e geada generalizada.

O Centro-Sul do Brasil se prepara para a maior onda de frio em 6 anos. Uma intensa massa de ar polar atua especialmente sobre a Região Sul gerando condições de neve, chuva congelada e geada generalizada. A última vez que a serra do Rio Grande do Sul teve a ocorrência de neve e chuva congelada foi no dia 10 de agosto de 2018.

Quando e onde vai nevar?

Modelos meteorológicos indicam que pode nevar já no início desta sexta-feira (05). A maior possibilidade está concentrada em áreas do topo da serra do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

Maior chance de neve no Rio Grande do Sul:

Vacaria e São José dos Ausentes – começando no início da sexta-feira (05).

Maior chance de neve em Santa Catarina:

Urupema, Lages, São Joaquim – começando no início da sexta-feira (05).

Além da neve, há expectativa de chuva congelada ou neve de menor intensidade em cidades como: Bento Gonçalves (RS), Farroupilha (RS), Gramado (RS), Canela (RS), Campos Novos (SC) e Palmas (PR). Este evento está previsto para começar a partir da tarde e noite de sexta-feira.

Mapa da previsão de neve no Sul do país. | Fonte: SOMAR

As vertentes meteorológicas que irão possibilitar neve são: umidade constante, uma área de baixa pressão atmosférica, ventos em altitude, além da intensa massa de ar frio.

Sábado (06) será o dia mais frio do ano

O sábado (06) deve começar com temperaturas negativas e geada generalizada na Região Sul, inclusive em Porto Alegre e em Curitiba. Há condições para que o sábado seja o dia mais frio do ano em diversas cidades, incluindo as capitais sulistas.

As áreas em roxo claro no mapa abaixo indicam temperatura próxima abaixo de 0°C:

Temperatura mínima no sábado (06) na Região Sul | Fonte: Somar Meteorologia

 

Entenda a diferença entre neve e chuva congelada

Entre a sexta-feira (05) e o sábado (06), além de neve, também há possibilidade de chuva congelada no Sul do País.

Neve 

A neve é uma chuva que ocorre na forma de flocos formados de cristais de gelo – ou seja, a água precipita já em estado sólido. Esses cristais de gelo se formam em nuvens onde as temperaturas são menores que -20 graus celsius, mas só chegarão em forma de neve se a coluna de ar vertical estiver totalmente fria.

Tipos de neve 

Existem dois tipos de neve: úmida e seca. O primeiro caso é caracterizado por grandes flocos que se formam com temperaturas do ar em superfície próximas de zero e o segundo a neve ocorre quando os termômetros estão apresentando valores muito abaixo de zero.

As neves granulares são grãos de gelo ligeiramente achatados ou alongados, com diâmetro geralmente inferior a 1 milímetro. Há casos em que a chuva congelada e a neve, no caso granular, ocorrem ao mesmo tempo.

Neve granular

 

Já a neve tipo Graupel é caracterizado como partículas de neve mais pesadas, geralmente chamadas de pelotas de gelo.

Graupel

Chuva congelada

chuva congelada ou chuva congelante, ocorre quando a chuva cai de forma líquida, mas a água atinge o ponto de congelamento ao entrar em contato com a superfície, resultando em um acumulo de gelo.

Chuva congelada

Nevasca

E por fim, a nevasca, que não é comum no Brasil, é uma condição de tempo mais severo, onde os ventos ultrapassam os 60 km/h e os termômetros estão com valores bem abaixo de zero (-12ºC ou menos, por exemplo).

 

 

 

COMENTÁRIOS