Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais

 

CULTURA DO RIOS GRANDE DO SUL

 

O Brasil é rico em sua diversidade. Cada região brasileira tem as suas características, cada estado, suas particularidades. Muitas dessas diferenças se devem ao fato da colonização e não poderia ser diferente no estado do Rio Grande do Sul. Um dos estados mais ricos culturalmente falando quando o assunto é diversidade.

 

A cultura do Rio Grande do Sul teve duas influências fortes, que podemos considerá-las principais responsáveis: a primeira é dos povos que estavam na região antes da chegada dos exploradores, os índios que viviam no pampa e a segunda é da colonização dos povos europeus que passaram por lá. Uma mistura de colonização portuguesa, espanhola e mestiços chegados de outras regiões do Brasil, africanos e bandeirantes.

 

A primeira mistura na região foi a de indígenas com portugueses e que foi denominado como gaúcho, isso aconteceu até o século XIX. Daí em diante, a cultura do Rio Grande do Sul foi agregando novos elementos quando a chegada dos europeus, a maior parte alemães, seguido em quantidade, de italianos e eslavos, judeus e libaneses, os últimos três, em menor quantidade, não muito expressiva, mas que deixaram suas marcas.

 

Influência dos Índios na Cultura do Rio Grande do Sul

O que os índios deixaram de herança para o povo desse estado brasileiro foi principalmente a vida no campo e a criação de gado. Os gaúchos ainda sofreram influências dos “vizinhos”. Com fronteira com Uruguai e Argentina, o povo da região ainda “ganhou” um pouco da cultura dos vizinhos próximos.

 

Os que podemos chamar de primeiro s gaúchos eram semi-nômades e era uma sociedade cuja principal atividade era a pecuária, herança aprendida com os índios. O tempo foi passando e foram sendo criadas fazendas de gado e se observou nos pampas muitas estâncias estabelecidas.

 

Depois vieram os gaúchos mestiços, que eram pouco índio, pouco espanhol ou português e ainda africanos. A mistura se refletiu nos hábitos, na cultura. Da parte dos índios, das tribos dos charruas e dos guaranis.

 

No século XIX o Rio Grande do Sul era um dos estados com um grande número de negros no Brasil, perdendo somente para Rio, São Paulo e Minas.

 

Quando os escravos não podiam mais ser importados, isso a partir de 1850, se observou uma grande mudança na demografia do estado, até porque, na mesma época, um número maior de imigrantes começou a chegar.

 

No Rio Grande do Sul, o governo incentivava a chegada a imigração com o objetivo de enfraquecer a Revolução Farroupilha e ajudar a “embranquecer” o Brasil, um “projeto” da elite de Portugal, que tinha o poder nas mãos a partir de 1808. O interesse dos portugueses de deixar a população mais branca era o mesmo da elite branca do Rio Grande do Sul.

 

Escravos Substituídos Pelos Imigrantes Europeus

Aos poucos os escravos foram sendo trocados pela mão-de-obra dos imigrantes europeus e sendo mandados para outras províncias do Brasil. Memo assim, a cultura dos negros ficou no Estado e pode ser observada fortemente na região metropolitana da cidade de Porto Alegre.

 

Com a “saída” dos escravos, chegam os alemães, que ficam ao longo do rio dos Sinos, isso aconteceu em 1824. A sociedade deles era baseada na agricultura e até o ano de 1850, eles foram se tornando donos de terras no Rio Grande do Sul sem nenhum tipo de problema. Porém, depois desse período, essa prática foi proibida e os alemães tiveram que buscar outras partes do estado para se estabelecerem. Dessa forma, a influência alemã na cultura do Rio Grande do Sul acabou se espalhando por todo estado.

 

Já os italianos colonizaram e deixaram os seus costumes nas serras do Rio Grande do Sul. Mais ou menos em torno de 1875 e um dos principais hábitos trazidos pelos italianos foi a vinicultura.

 

 

Heranças da Colonização

Atualmente, o Rio Grande do Sul possui faculdades que estão entre as melhores do Brasil, são elas: PUC do Rio Grande do Sul Universidade Federal do Rio Grande do Sul, essas duas localizadas em Porto Alegre; a Universidade Federal de Pelotas; a Universidade Federal de Santa Maria; a Universidade Vale do Rio dos Sinos (privada) e a Universidade de Caxias do Sul (privada).

 

Para Conhecer Melhor A Cultura Do Estado

Para saber mais sobre a cultura do gaúcho você pode visitar:

Instituto Histórico do Rio Grande do Sul

 

Academia Rio-Grandense de Letras

 

Associação de Imprensa que fica em Porto Alegre

 

Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul

 

Também vale visitar algumas bibliotecas, como: a Biblioteca Estadual (pública), Biblioteca do Exército, a Biblioteca da Bolsa de Valores, entre outras.

 

Rio Grande Do Sul, Suas Histórias, Museus

Você também pode visitar um dos musesu do estado. Aliás, Rio Grande do Sul é o estado que tem o maior número de museus no nosso país. São ao todo 66 espalhados em todo o estado. Porém, se não tiver muito tempo, anote os mais importantes:

 

Júlio de Castilhos

 

Museus de Arte do Rio Grande do Sul

 

Museu de Armas General Osório

 

Museu do Centro de Tradições Gaúchas Rincão da Lealdade (ótimo lugar para ver trajes e produtos típicos do estado) – localizado em Caxias do Sul

 

Museu Histórico de Pelotas

 

Resultado de imagem para Museu Histórico de Pelotas

 

Museu Oceanográfico de Rio Grande

 

Resultado de imagem para Museu Oceanográfico de Rio Grande

 

Resultado de imagem para Museu Oceanográfico de Rio Grande

 

Museu Farroupilha – localizado em Triunfo

 

Resultado de imagem para Museu Farroupilha – localizado em Triunfo

 

Resultado de imagem para GAUCHOS E GAUCHAS

 

Resultado de imagem para GAUCHOS E GAUCHAS

 

Um dos principais eventos do estado

do Rio Grande do Sul é a Semana Farroupilha.

 

Resultado de imagem para GAUCHOS E GAUCHAS

Uma festa da cultura gaúcha imperdível.

A comemoração acontece no mês de setembro,

entre os dias 14 e 20.

Nestes dias, moradores e turistas podem ver várias homenagens que são feitas para os líderes da Revolução Farroupilha.

 

Resultado de imagem para Revolução Farroupilha.

 

É uma festa feita para lembrar da Revolução Farroupilha, aquela que foi a mais longa da história do nosso país. Fora quase 10 anos, que os guerrilheiros lutavam por liberdade, igualdade e humanidade.

 

Imagem relacionada

Durante uma semana de festa os gaúchos saem as ruas para comemorar e a principal bebida é o chimarrão. O evento é feito com shows e desfiles, em que a roupa típica gaúcha é o traje oficial, as mulheres com vestido de prenda e os homens com a bombacha, guaiaca, chapéu, lenço.

 

Resultado de imagem para GAUCHOS E GAUCHAS

 

O Rio Grande do Sul, para quem não conhece é um estado brasileiro que fica localizado no extremo sul de nosso pais, um lugar repleto de coisas curiosas,

como por exemplo, a sua própria cultura.

Muitas etnias já passaram e fizeram parte da historia dos gaúchos, como os milicianos, os portugueses, espanhóis, imigrantes alemães e italianos, comunidades judaicas e até escravos africanos.

 

Catedral de Pedra - Canela - Rio Grande do Sul - Brasil

 

A arquitetura do RS é uma grande fonte de cultura e história para toda região, composta de igrejas, fortes, teatros, catedrais e até mesmo ruínas de obras muito importantes para o estado.

 

Gramado Canela Serra Gaúcha o que fazer pontos turísticos dicas viagem hotel onde ficar comer restaurantes Rio Grande do Sul

 

Na culinária o destaque total e especial vai para o churrasco, uma especialidade gaucha que muitos no mundo inteiro invejam. O chimarrão também é uma bebida característica do sul e não pode ser esquecido em uma eventual visita, assim como o vinho. A seguir algumas fotos ilustrando melhor como é a cultura do Rio Grande do Sul.

 

Gramado me dá asas. Gramado cidade , para quem lê o blog de outros países- incrustada na serra no sul do Brasil, cidade pequena de lindas atrações naturais, projetou-se como um dos melhores lugares para se viver no Brasil. Atualmente, passo mais tempo lá que em São Paulo, todas ás vezes em que subo a serra, sinto-me renovada, calma, muito agradecida por ficar neste cantinho encantador, parece que recebo asas, sou agraciada com  sentidos aguçados e muito prazer em fotografar.

Gramado

 

Passeio de "MARIA FUMAÇA" no trecho: Bento Gonçalves / Garibaldi / Carlos Barbosa - Rio Grande do Sul / Brasil.

Bento Gonçalves

 

Gramado, Rio Grande do Sul, Brasil                                                                                                                                                                                 Mais

Gramado

 

Praia da Cal, Torres, Rio Grande do Sul

Torres

 

A Usina do Gasômetro, ou simplesmente Gasômetro, é uma antiga usina brasileira de geração de energia de Porto Alegre. É um dos pontos mais tradicionais para ver o famoso pôr-do-sol da cidade, às margens do Lago Guaíba. Hoje a Usina do Gasômetro é um grande centro cultural de Porto Alegre, sendo palco das mais diversas manifestações artísticas.

Usina do Gasômentro-Porto alegre